Pesquisar

A Batalha de Alcântara e o exílio de Dom António

O povo tentou opor-se ao avanço das tropas filipinas e, em 25 de Agosto de 1580, reuniu um exército às portas de Lisboa, mas não conseguiu deter as tropas do Duque de Alba.

Mesmo sem o apoio das classes dirigentes, Dom António, Prior do Crato, tentou sentar-se no trono de Portugal até ao fim dos seus dias, .

Depois de receber o apoio da nobreza e da burguesia mais abastada, Filipe II de Espanha mandou avançar as tropas para Portugal, de modo a segurar o trono.

O comando foi entregue a um dos grandes generais da época, o Duque de Alba, que entrou por Portugal sem grande resistência. Apenas em Alcântara, muito perto de Lisboa, se desenhou uma tentativa de resistência que foi varrida pelos castelhanos.

Com esta derrota, Dom António, Prior do Crato, opta por se exilar e, apesar de ter tentado o regresso nos anos seguintes, nunca reconquistou o trono que ficou na posse de Espanha até à restauração da independência.

  • Temas: História
  • Ensino: 2º Ciclo, 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: Mistérios e ruínas em Castelo Rodrigo
  • Tipo: Excerto de documentário
  • Autoria: José Hermano Saraiva
  • Produção: RTP
  • Ano: 2005

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.