Pesquisar

A casa de Aristides de Sousa Mendes

Vítimas do nazismo e seus familiares, visitaram a casa arruinada de Aristides de Sousa Mendes, cônsul de Portugal em Bordéus na 2ª Guerra Mundial, e cujos salvos-condutos lhes permitiram sobreviver.

Em 2013, a Sousa Mendes Foundation e o Comité Francês Aristides Sousa Mendes organizaram uma viagem onde esteve presente uma pessoa que recebeu um dos vistos dados pelo diplomata em 1940 e também descendentes de outras famílias que tiveram essa sorte.

O palacete do Passal, casa onde residiu Aristides de Sousa, encontra-se muito degradado, mas é ponto de passagem para muitas pessoas, especialmente aquelas que têm a vida familiar ligada à do diplomata.

Nesta reportagem podem ouvir-se declarações de Manuel Dias, do Comité Francês Aristides Sousa Mendes, de Lee Sterling, sobrevivente que recebeu um visto de Sousa Mendes, de Yara Nagel, filha de um casal de sobreviventes e de Harry Oesterreich, da Sousa Mendes Foundation.

Ficha Técnica

  • Título: Homenagem a Arístides de Sousa Mendes
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Manuel Alegre Portugal
  • Produção: RTP
  • Ano: 2013

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui