Pesquisar

A mortalidade infantil em 2015

Os números da mortalidade infantil têm vindo a cair nas últimas décadas, sobretudo devido às melhores condições de saúde. Portugal encontra-se entre os países que apresentam uma das mais baixas taxas da Europa.

Mais serviços de assistência pré-natal e melhoria dos cuidados pediátricos no Sistema Nacional de Saúde permitiram que Portugal reduzisse de forma clara os números da mortalidade infantil de forma consecutiva durante vários anos.

Este cenário poderá, no entanto, mudar num futuro próximo porque surgem, em números crescentes, mulheres grávidas com problemas de obesidade e crianças que nascem prematuras ou em situações de risco que podem colocar em causa os bons resultados obtidos nos últimos anos.

Nesta reportagem pode ouvir declarações de Mário Leston Bandeira, Professor Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE); Vanessa Cunha, professora do Instituto de Ciências da Saúde (ICS) e António Barreto, sociólogo;

  • Ensino: 2º Ciclo, 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Paula Rebelo
  • Produção: RTP
  • Ano: 2015

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.