Pesquisar

A ocupação da herdade Torre Bela

A 23 de abril de 1975, um grupo de mil trabalhadores ocuparam a herdade Torre Bela, na Azambuja, organizando-se numa cooperativa. Tal como aconteceu no Alentejo, várias terras foram ocupadas por pessoa que, frequentemente, não tinham terra nem trabalho.

A maior herdade murada em Portugal pertencia ao duque de Lafões e foi ocupada a 23 abril 1975, sobretudo por residentes em povoações vizinhas, como Manique do Intendente. Aconteceu o mesmo noutras zonas do país, com a ocupação de algumas propriedades, à margem da lei,  por quem queria trabalhar na agricultura e sob o lema “a terra a quem a trabalha”.

Estas ocupações eram em tudo semelhantes às realizadas em empresas, nas quais o poder era tomado pelos trabalhadores, que se organizavam, substituindo os patrões ou exigindo uma participação na gestão. Os militares aceitavam, de forma tácita, este processo e, no caso da Torre Bela, disseram mesmo: “vocês ocupam e a lei há-de vir”.

“Dicionário de Abril” é uma série de pequenos programas dedicados ao 25 de Abril de 1974 e ao período de instauração do regime democrático em Portugal, produzidos a partir de imagens de arquivo.

 

  • Temas: 25 de Abril
  • Ensino: 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: Dicionário de Abril - Letra T
  • Tipo: Programa
  • Autoria: António Reis/ Maria Inácia Rezola/ Paula Borges
  • Produção: Braveant/ RTP
  • Ano: 2012

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.