Pesquisar

A resistência britânica na Batalha de Inglaterra

Depois de terem tomado a França, os alemães lançaram a sua força aérea sobre o Reino Unido com o objetivo de abrir caminho para uma invasão. A Royal Air Force resistiu aos ataques e impediu que as forças atacantes conseguissem os seus propósitos numa campanha militar que ficou conhecida como a Batalha de Inglaterra.

Em Junho de 1940, os alemães concentraram os seus ataques sobre Inglaterra, que tinha ficado sozinha perante uma máquina de guerra vencedora de todas as campanhas anteriores. A Europa Ocidental estava tomada, em grande parte, pelas forças nazis: Bélgica, Países Baixos e França tinham caído, sucessivamente, vítimas de ataques relâmpago que surpreenderam os aliados.

A Batalha de Inglaterra, como ficou conhecida esta campanha da II Guerra Mundial, combateu-se tanto no ar como no mar.  E, como podemos ver no filme apresentado, a propaganda seria outra das armas utilizadas, com grande influência ao longo de todo o conflito.

Contra todas as expetativas, o Reino Unido repeliu os ataques e a programada invasão do país pelos alemães, na denominada “Operação Lobo Marinho” (Unternehmen Seewolf), foi adiada, acabando por nunca se concretizar.

Nota: Este filme é um documento histórico relevante para retratar a II Guerra Mundial, o conflito mais mortífero de sempre, mas a sua produção estava também ao serviço da propaganda, instrumento usado por todos os beligerantes, circunstância que  deve ser tida em conta durante o visionamento.

Ficha Técnica

  • Título: The World at War
  • Tipo: Extrato de filme de propaganda
  • Produção: United States Office of War Information
  • Narrador: Paul Stuart
  • Ano: 1942
  • Origem: National Archives and Records Administration (NARA
  • Cedido: Steven Spielberg Film and Video Archive (RG-60.1108)/ US Holocaust Memorial Museum
  • Tradução e Legendagem: RTP Ensina/ João Domingos/ RTP Produção

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui