Pesquisar

Agostinho da Silva entrevistado por Isabel Barreno

A escritora Isabel Barreno aborda temas tão variados como o modelo repressivo da sociedade, Portugal ou a utopia. Temas centrais do pensamento de Agostinho da Silva que os desenvolve nesta conversa vadia.

O modelo de organização da escola e do trabalho é um dos temas preferidos por  Agostinho da Silva que o considera, de certa forma, repressivo. Mas adverte que ,enquanto se produzir em comum para uma sociedade com uma determinada organização, é difícil que o indivíduo se realize completamente exprimindo os seus talentos naturais. Podemos não estar ainda no ponto ideal da história para que determinadas ideias, como outro modelo de sociedade, se realizem. Essas ideias, por estarem voltadas para o futuro e não estarem ainda concretizadas são utópicas e necessitam de objectividade para se fazer o que é possível, mas dando sempre um passo em frente.

Estas são algumas das passagens da conversa com o professor Agostinho da Silva, que se diz também, grato por ter nascido em Portugal, um país especial e pelas possibilidades que decorreram na sua vida por esse facto.

“Conversas Vadias” foi um conjunto de entrevistas com Agostinho da Silva emitidas pela RTP em 1990.

Cada programa é conduzido por uma personalidade diferente que conversa com um filósofo ainda surpreendentemente lúcido, sedutor e perspicaz. Gravados quatro anos antes da sua morte, revelam conversas com temas ainda atuais.

 

 

  • Temas: Filosofia
  • Ensino: 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: Conversas Vadias
  • Tipo: Programa
  • Produção: RTP
  • Ano: 1990

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.