Pesquisar

Alice Vieira e as histórias infantis

Uma das autoras portuguesas mais traduzidas no estrangeiro. Jornalista até 1991, ganhou o Prémio de Literatura Infantil Ano Internacional da Criança com o livro "Rosa, Minha Irmã Rosa", escrito a pedido dos filhos.

Licenciada em Filologia Germânica, exerceu o jornalismo, estreitamente ligada a cadernos e suplementos infanto-juvenis.

Em 1979, incentivada pelo marido Mário Castrim, também jornalista, concorre ao Prémio de Literatura Infantil Ano Internacional da Criança com o livro Rosa, Minha Irmã Rosa, que escrevera a pedido dos filhos. Ganha o prémio e continua a acumular títulos, a par de outros prémios prestigiantes.

Deixou o jornalismo em 1991 mantendo apenas colaborações, mas conservou o recurso à técnica da reportagem, com intensa pesquisa, para produção literária fora do contexto infanto-juvenil, como os títulos Esta Lisboa ou Praias de Portugal. É uma das autoras portuguesas mais traduzida no estrangeiro.

Ficha Técnica

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui