Pesquisar

Arte na Gulbenkian: escultura de Canto da Maya

A “Comédie”, também intitulada “femme au masque”, do escultor açoriano Canto da Maya, data de 1926, altura em que o artista micaelense, bem a par da cena artística internacional, abraçava um estilo próximo do então florescente movimento Art déco

Como muitos jovens aspirantes às artes do início do século XX, Canto da Maya completara os seus estudos em Paris. Expôs esta escultura, assim como o seu par Tragédie no prestigiado Salão de Outono de Paris.

 Conheça as obras de arte da Fundação Calouste Gulbenkian na série de programas “Arte num Minuto”, que evoca os 60 anos daquela instituição.
  • Temas: Artes
  • Ensino: Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: Arte Num Minuto - 60 anos Fundação Calouste Gulbenkian
  • Tipo: Programa
  • Autoria: Sofia Leite
  • Produção: RTP
  • Ano: 2016

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui