Pesquisar

As difíceis ligações entre política e arte

A arte foi diversas vezes utilizada ou subjugada pela política que a transformou em ferramenta de propaganda.

O talento foi a sua perdição. Leni Rifensthal é muitas vezes apontada como um dos exemplos mais conhecidos da utilização da arte por parte política. Realizadora inovadora e arrojada ficou marcada como a realizadora de Hitler, depois de vários filmes de propaganda realizados para o regime, destacando-se “O Poder da Vontade”, sobre os Jogos Olímpicos de Berlim.

A utilização da arte por regimes totalitários não se resume, no entanto, ao regime nazi. Em Portugal também o Secretariado para a Propaganda Nacional (SPN) assumiu esse papel durante a ditadura de Salazar.

Mais a leste os países comunistas também utilizaram a arte para divulgar a sua estética ou levar a sua mensagem mais longe.

Ficha Técnica

  • Título: Câmara Clara - Arte e Política
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Inês Fonseca Santos
  • Produção: RTP
  • Ano: 2006

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.