Pesquisar

Baltasar Sete-Sóis e Blimunda Sete-Luas

Um homem que constrói uma máquina voadora e uma mulher que vê o interior das pessoas são os personagens centrais de "Memorial do Convento". Baltasar e Blimunda vivem a história de amor no reinado de D. João V. Duas figuras singulares da ficção de Saramago

A ação deste romance publicado pela primeira vez em 1982, desenvolve-se no Portugal de D. João V,  em pleno barroco e sob a égide do Santo Ofício. O livro abre com a história deste rei que tenta com vigor fecundar a rainha que não ama porque precisa de um herdeiro. A narrativa depressa troca o mundo da nobreza pelas tragédias reais do povo. No meio da multidão, escolhe um homem que perdeu uma mão na Guerra de Sucessão, e uma mulher que tem o dom miraculoso de ver o que não se vê. São estas duas personagens, Baltasar e Blimunda, que destacamos neste artigo, um excerto do documentário “Memorial de Convento”.

 

Ficha Técnica

  • Título: Grandes Livros - Memorial do Convento, de José Saramago
  • Tipo: Extrato de Programa
  • Produção: Companhia de Ideias
  • Ano: 2011

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui