Pesquisar

Batatas fritas de pacote ou um shot de óleo

Parecem inofensivas, mas as batatas fritas de pacote contribuem para os quilos que pesam na saúde das crianças e dos adolescentes portugueses. Fáceis de comer, viciam paladares, enchem barrigas de gordura e aumentam o risco das doenças cardíacas. Façamos a experiência: o que contêm 100 gramas destas batatas processadas? Temos a certeza que a explicação irá mudar comportamentos alimentares.

Estamos viciados em batatas fritas. Os gigantes da indústria alimentar conseguiram – de novo -apurar ingredientes que enviam ao nosso cérebro ondas de prazer. Resultado? Ficamos reféns dessa experiência que provoca em nós desejo, ou seja, vontade de repetir a dose. O primeiro passo para um comportamento aditivo. Um dia damos por nós a devorar pacotes de batatas enquanto assistimos à série de televisão favorita. Porém, este consumo em excesso, comporta consequências graves: obesidade, diabetes, hipertensão e outras doenças cardíacas.

Mas se for apenas um pacote de 100 gramas por dia, será que também faz mal à saúde? Melhor do que ler qualquer rótulo, temos a nutricionista Luiza Kent Smith a dizer que estes 100 gramas equivalem a beber 1/3 de uma chávena de chá de óleo. É isto que escondem estes pacotes. Por mais pequenos, light ou gourmet que sejam.

 

  • Temas: Cidadania, Saúde
  • Ensino: 1º Ciclo, 2º Ciclo, 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: Centro de Saúde - Alimentação
  • Tipo: Extrato de Programa
  • Autoria: Cláudia Borges
  • Produção: até ao Fim do Mundo
  • Ano: 2007

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui