Pesquisar

Bombeiros recordam as cheias de 1967

Os bombeiros foram os primeiros a aperceber-se da dimensão da tragédia que se abateu sobre o país em consequência das cheias que atingiram a zona de Lisboa no outono de 1967. As memórias de uma operação muito difícil, que durou vários dias, são o tema desta reportagem.

Um quinto de toda a chuva do ano de 1967 caiu na noite de 25 para 26 de novembro, causando inundações que mataram um indeterminado número de pessoas, especialmente na zona de Odivelas.

Os primeiros a chegar ao lugar da tragédia foram os bombeiros locais que rapidamente perceberam que pouco podiam fazer para além de apoiar os vivos e recolher centenas de mortos. Famílias inteiras pereceram sob a água e a lama que invadiram zonas pobres dos arredores de Lisboa.

Nesta reportagem pode ouvir os depoimentos dos antigos bombeiros voluntários de Odivelas José Matos Martins, Abílio Silva, Guilherme Esteves e Jaime Assunção.

 

Ficha Técnica

  • Título: As Cheias de 1967 vistas pelos bombeiros de Odivelas
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Pedro Zambujo
  • Produção: RTP
  • Ano: 1967

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui