Pesquisar

Cartas africanas nos Arquivos dos Dembos

“Africae Monumenta - A apropriação da escrita pelos africanos” é um livro que reúne correspondência, em português, trocada entre os chefes Dembos, do Norte de Angola, e as autoridades coloniais portuguesas.

Escrito em 2002, pelas historiadoras Catarina Madeira Santos e Ana Paula Tavares, o livro dá destaque à correspondência trocada entre um chefe  Dembo e as autoridades coloniais portuguesas durante o século XVI.

Esta correspondência integra uma coleção mais vasta conhecida como os “Arquivos dos Dembos”, onde se podem encontrar cartas trocadas desde os finais do séc. XVI até início do séc. XX entre autoridades africanas da região dos Dembos, no norte de Angola, e autoridades coloniais portuguesas. Há também cartas trocadas entre chefes africanos.

Os documentos têm ainda a singularidade de reflectirem a apropriação da escrita, por povos africanos do grupo mbundu com uma tradição oral kimbundu.

Esta colecção foi inscrita, em 2011, no Registo da Memória do Mundo da UNESCO.  O programa assenta no princípio de que certos documentos, coleções ou fundos pertencem ao Património comum da humanidade, possuindo um valor que transcende as fronteiras entre as épocas e as culturas devendo, por essa razão, ser conservados para benefício das gerações presentes e futuras.

  • Temas: História
  • Ensino: 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: Dembos - A apropriação da escrita pelos africanos
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: João McDonald
  • Produção: RTP
  • Ano: 2006

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.