Pesquisar

Ciência mágica: líquidos que mudam de cor

Nos truques de magia, a ciência é a melhor cúmplice para resultados de deixar a plateia boquiaberta. Aqui vamos perceber a causa lógica para um líquido mudar de cor quando troca de recipiente. Não é magia, é o pH. E o que é o pH, afinal?

pH, ou potencial de hidrogénio iónico, é um índice que indica a acidez, neutralidade ou alcalinidade de um meio. O conceito data de 1909 e foi estabelecido por Soren Sorensen, um químico dinamarquês. O “p” deriva do alemão “potenz”, significando poder de concentração,  e o “H” é para o ião de hidrogénio (H+).

Um indicador de pH, a que também se pode chamar indicador ácido-base, é um composto químico que, adicionado em quantidades reduzidas a uma solução, permite saber se essa solução é ácida, básica ou neutra. Estes indicadores têm propriedades halocrómicas, ou seja, têm a capacidade de mudar de cor em função do pH do meio e é isto que explica aquilo que, à partida, podia ser visto como um belo truque de magia que consiste em fazer mudar de cor um líquido apenas por passá-lo de um recipiente para outro.

Os indicadores de pH são frequentemente ácidos ou bases fracas e, quando adicionados a uma solução, ligam-se aos iões H+ ou OH. com líquidos lá de casa como o vinagre ou um limpa-vidros, percebemos como a acidez ou alcalinidade fazem com que os líquidos possam mudar de cor de uma maneira espectacular e, para quem nunca ouviu falar de pH, verdadeiramente intrigante.

 

  • Temas: Ciência
  • Ensino: 2º Ciclo, 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: ABCiência
  • Tipo: Extrato de programa

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui