Pesquisar

É possível alguém ser um super-herói?

Os super-heróis que conheces dos filmes e dos desenhos animados, desrespeitam completamente as leis da física. A física estuda muita coisa, como por exemplo forças e movimentos. Porque é que os objectos caiem quando os largas ou se levantam do chão e voam?

Os poderes especiais dos super-heróis são inspirados nas capacidades de outros seres vivos que têm o corpo adaptado para voar ou saltar de alturas muito maiores do que o seu tamanho.  Por exemplo, o super-homem voa mas para voar precisaria de ter asas para que o ar o sustentasse quando se desloca a grande velocidade. E porque raio é que ele usa umas cuecas por cima das calças? Não é física, mas lá que é um mistério, é…

Quanto ao Batman, só com asas ou paraquedas poderia saltar de prédios altos e pousar no chão sem se magoar.

Mas todos nós somos super-heróis quando inventamos qualquer coisa que nos permita ultrapassar as notas limitações físicas. Por isso construímos aviões, telescópios, naves espaciais, submarinos, robôs, que nos permitem aventurar-nos muito para além das nossas capacidades físicas.

Mas, pensando bem… já imaginaste o trabalho que dá preparar o teu pequeno-almoço; levar-te à escola; trabalhar; ajudar-te com os TPC; brincar contigo; e ler-te uma história antes de adormeceres?… Afinal há mesmo super-heróis e chamam-se mãe e pai.

“Um Minuto de Ciência por dia não sabes o bem que te fazia” é um conteúdo do Pavilhão do Conhecimento para a  rádio zigzag.

Ficha Técnica

  • Título: Um Minuto de Ciência por dia não sabes o bem que te fazia
  • Tipo: Infantil
  • Autoria: Rádio Zig Zag / Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva
  • Ano: 2016

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui