Pesquisar

António Egas Moniz, o Nobel português da medicina

António Egas Moniz (1874 – 1955) ganhou o prémio Nobel da Medicina de 1949 pelos seus estudos relacionados com a lobotomia. Foi médico neurologista, investigador, político e escritor português.

Ficou conhecido mundialmente por ter desenvolvido a angiografia cerebral e a leucotomia pré-frontal tendo recebido o Prémio Nobel da Fisiologia e Medicina em 1949.

Teve vários cargos em hospitais e outras entidades ligadas à saúde, mas também na política, tendo desempenhado o cargo de Ministro dos negócios Estrangeiros durante a presidência de Sidónio Pais.

Deixou ainda uma extensa bibliografia com mais de 300 títulos que são da sua autoria ou contaram a sua colaboração. Entre estes trabalhos conta-se literatura ligada à Medicina, à política e também literatura.

No ano em que recebeu o Nobel da Medicina, Egas Moniz fez uma declaração sobre ciência, gravada pela Emissora Nacional.

 

Nesta declaração afirma que não existe, na sua vida, maior alegria que a descoberta de novos factos científicos.

Ficha Técnica

  • Título: Aconteceu - Egas Moniz
  • Tipo: Extrato de programa
  • Autoria: António Silva
  • Produção: RTP
  • Ano: 2006

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.