Pesquisar

O garajau nos Açores

As ilhas açorianas recebem cerca de 70 por cento dos casais reprodutores da Europa do garajau rosado. Esta espécie protegida nidifica, tal como o garajau comum, nas zonas rochosas do arquipélago, em colónias que podem ultrapassar a centena de casais.

O garajau rosado (Sterna dougallii) e o garajau comum (Sterna hirundo) nidificam nos mesmos penhascos dos Açores, criando colónias mistas que podem ultrapassar os 200 casais. Normalmente encontram-se também entre estes os pombos das rochas, uma espécie muito comum no arquipélago.

Os ilhéus e as escarpas das ilhas das Flores, Graciosa e Santa Maria são os locais mais procurados por esta espécie.

Apesar de não serem muito grandes os garajaus são extremamente agressivos na defesa dos ninhos e das crias, não temendo atacar visitantes indesejados que se aproximem de ovos ou crias. Colocam normalmente apenas um ovo diretamente sobre a rocha.

São aves migratórias que durante o verão se encontram na Europa e América do Norte e no inverno imigram para sul, nomeadamente para África e América do Sul.

Ficha Técnica

  • Título: Vida Animal: O garajau
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Luis Henrique Pereira
  • Produção: RTP
  • Ano: 2012

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.