Pesquisar

Manuel António Pina e a relação com a poesia

Poeta, autor de livros para crianças (e para todas as outras idades), de peças de teatro, ensaísta e cronista, Manuel António Pina é nome de referência na literatura portuguesa. De um tempo longínquo, em que as pessoas andavam de pernas para o ar...

Quis ser detetive, padre e bombeiro mas deu-lhe para escrever versos aos seis, sete anos de idade. Uma inclinação para a poesia que se fez imperativo psicológico. Manuel António Pina escolheu e foi escolhido pelas palavras. Para o autor, a literatura é uma espécie de refúgio solitário.

Quando se faz leitor dos seus textos, prefere os que não compreende, aqueles que não consegue explicar porque vão além dele. Assim fala o poeta, nesta peça, no ano em que  a sua obra foi sintetizada num só volume intitulado”Todas as Palavras, poesia reunida”.

 

 

Ficha Técnica

  • Título: Ler+ ler melhor - Manuel António Pina
  • Tipo: Extrato de Magazine Cultural
  • Produção: Filbox produções
  • Ano: 2012

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui