Pesquisar

Maria da Fonte: a revolta das mulheres do norte

Nada fazia prever que o protesto de um grupo de mulheres fosse o primeiro ato do fim do cabralismo em Portugal. Na primavera de 1846, as foices e as gadanhas minhotas estenderam o rastilho do ódio ao reino. Tudo acabou na guerra civil da Patuleia.

A contestação à “Lei da Saúde”, criada em nome da higiene pública para evitar epidemias, começou na aldeia minhota de Santo André dos Frades. Estávamos em Março de 1846 quando um grupo de mulheres armadas de foices e gadanhas decidiu protestar contra a nova lei que as proibia de enterrar os seus mortos no interior das igrejas.

Rapidamente, a revolta da Maria da Fonte, como ficou conhecida, passou a rebelião contra a ditadura política e a exploração económica de Costa Cabral, um dos chefes do movimento constitucionalista que, desde 1842, liderava o país. Os camponeses não queriam pagar os novos impostos decretados pelo governante, que iria ser demitido pela rainha D. Maria II. Queimavam cartórios para fazer desaparecer os registos das tributações, “as papeletas da ladroeira”. Durante o mês de Abril, nos recontros com as tropas, morreram populares e soldados. Quando tudo parecia ficar controlado, as colunas lideradas por José da Silva Cabral, irmão do ministro, recusam-se a combater contra o povo.

O regime era odiado. O estado vivia dos impostos cobrados ao povo, ao mesmo tempo concedia monopólios ou fazia contratos com os grandes capitalistas em troca de empréstimos. Surgiram grandes Companhias, como a dos Tabacos e do Sabão, muitas vezes fachadas de negócios especulativos. Em Abril de 1845, o “imposto de repartições” veio agravar o descontentamento dos trabalhadores. No ano a seguir dá-se a revolta popular. Costa Cabral tinha os dias contados. Mais tarde, depois da guerra civil da Patuleia, que só terminou com a intervenção de ingleses e franceses, António Bernardo da Costa Cabral seria reconduzido.

Neste vídeo que apresentamos, o historiador José Hermano Saraiva resume a situação política do país até à revolta da Maria da Fonte.

  • Temas: História
  • Ensino: 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: "A Alma e a Gente"
  • Tipo: Extrato de Documentário
  • Autoria: José Hermano Saraiva
  • Produção: RTP
  • Ano: 2003

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui