Pesquisar

O bombardeamento de Ponta Delgada

O bombardeamento de Ponta Delgada, em julho de 1917, revelou as fragilidades das ilhas atlânticas ao ataque dos alemães.

A 4 de julho de 1917, o submarino alemão o U-155 “Deutschland”, bombardeou a cidade de Ponta Delgada, provocando um morto, vários feridos e danos materiais.

O ataque foi travado por um navio carvoeiro norte-americano, o “Orion”, estacionado na ilha de São Miguel que acorreu para ajudar e fez alguns disparos obrigando o U-boat a mergulhar. A resposta de uma bateria de artilharia em terra também contribuiu para o afastamento da unidade inimiga.

Este ataque deixou claro que as ilhas constituíam um ponto fraco na defesa do país e os responsáveis locais queixavam-se de terem sido abandonados à sua sorte.

A necessidade de reforço dos Açores, um importante porto na ligação entre a Europa e os Estados Unidos da América, acabou por trazer para as ilhas os americanos que ali instalaram uma base aeronaval com o objetivo de assegurar a defesa da rota que passava pelas ilhas.

Ficha Técnica

  • Título: Postal da Grande Guerra - Bombardeamento de Ponta Delgada
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Silvia Alves
  • Produção: RTP
  • Ano: 2018

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui