Pesquisar

O ensino de português em Moçambique

Em Moçambique, a língua portuguesa começa a ser ensinada a partir da terceira classe. Trata-se de um país multilingue com mais de uma vintena de línguas onde o português continua a ser considerado um elemento de união.

Mais de 90 por cento das crianças que entram na escola em Moçambique não falam português, mas sim uma das línguas locais, razão porque o Ministério da Educação daquele país implementou um sistema onde o ensino nos primeiros dois anos é feito no dialecto da zona.

Tal como entre as crianças, mais de metade da população moçambicana não fala o português e a larga maioria que o faz vive nas grandes cidades, enquanto no meio rural as línguas em uso são as locais.

Isto não impede, mesmo assim, que o português seja considerado essencial enquanto símbolo da unidade do país. No parlamento ou nos documentos oficiais continua a ser a língua utilizada até porque é, muitas vezes, a única que todos conseguem compreender.

Ficha Técnica

  • Título: Fronteiras XXI: O ensino do português em Moçambique
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Pedro Martins/ Jacinto Bai Bai/ Gabriel dos Santos
  • Produção: RTP
  • Ano: 2018

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui