Pesquisar

O fim de Salazar

Em 1968, António de Oliveira Salazar cai de uma cadeira e sofre lesões cerebrais que obrigam o regime a afastá-lo do poder. Curiosamente, e até à sua morte, em 1970, ele continuará a acreditar que ainda governava o país…

Após o acidente, que aconteceu a 3 de agosto, Oliveira Salazar recusou assistência médica, mas nos dias seguintes apresentou sintomas cada vez mais graves que indicavam a existência de uma lesão cerebral grave. Com 79 anos seria internado e operado, mas a meio da convalescença sofreu um acidente vascular cerebral.

O país só soube o que tinha acontecido a 7 de setembro, quando a Emissora Nacional revelou que o Presidente do Conselho tinha sido operado. Neste documento sonoro pode ouvir-se o médico a explicar qual o problema que atingira Salazar durante a recuperação.

Na sequência do seu debilitado estado é indigitado Marcelo Caetano para ocupar o cargo de Presidente do Conselho de Ministros, mas Salazar nunca será informado dessa decisão. Continuará a acreditar que ainda governava e decidia, presidindo mesmo em reuniões fictícias com ministros.

Ficha Técnica

  • Título: O Fascínio dos Objetos
  • Tipo: Programa
  • Autoria: Bárbara Miranda/ Paulo Figueiredo
  • Produção: RDP Internacional
  • Ano: 2013

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.