Pesquisar

Os mais antigos ovos de crocodilo estão na Lourinhã

A Lourinhã tem ovos de crocodilo com 150 milhões de anos e não se conhecem outros mais antigos do mundo. A descoberta foi feita nos anos 90, mas só duas décadas depois confirmada pelos paleontólogos.

Os ovos foram encontrados, nos anos 90, na praia de Paimogo, na Lourinhã, num ninho onde se pensava existirem apenas ovos de dinossauro. Nos últimos anos, no entanto, foi confirmado que pertenciam a “crocodilomorfos”, um grupo primitivo de répteis, do jurássico superior, dos quais descendem os atuais crocodilos.

Este achado vem reforçar o espólio do Museu da Lourinhã, já conhecida como a “capital dos dinossauros”.

As conclusões do estudo foram publicadas na revista “Plos One”, e permitem perceber melhor a evolução desta espécie. Os fósseis de ovos de crocodilo até agora conhecidos como os mais antigos tinham 110 milhões de anos e foram descobertos no Texas.

Nesta reportagem pode ouvir as explicações do paleontólogo João Russo.

Ficha Técnica

  • Título: Ovos de crocodilo mais antigos do mundo
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Filipa Marques Henriques
  • Produção: RTP
  • Ano: 2017

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.