Pesquisar

Um romance na cidade de Sintra

Amada por reis, aristocratas, artistas.... Sintra é terra encantada, de castelos, palácios, paisagens luxuriantes com flores exóticas e árvores altíssimas e centenárias. A UNESCO declarou-a Património Mundial em 1995.

Sintra seduz ao longe. Ainda vamos a meio caminho, já uma visão suspensa nos céus nos avisa da magia que habita nestas paragens. O Palácio da Pena é a “coroa” do Monte da Lua, como é também conhecida a serra que só se deixa alcançar por uma estradinha estreita e sinuosa.

Embrenhados no silêncio da mata densa, eis que finalmente alcançamos esse monumento, construído a partir do sonho de um rei. D. Fernando II misturou gostos e estilos e fez de um convento em ruínas um palácio invulgar, obra do romantismo única no mundo. Nos jardins, impera também o ecletismo ornamentado com mais de duas mil espécies vindas de todos os continentes.

Mas quantos mais monumentos têm aqui paragem obrigatória? Castelo dos Mouros, Quinta da Regaleira, Palácio da Vila, Seteais… mas os olhos não podem ignorar as arquiteturas de sumptuosas quintas que foram mandadas construir por nobres e burgueses que se apaixonaram por este horizonte feito de verde e pelos ares puros da serra.

Esta terra que já foi de druidas, de monges e eremitas, de reis e princípes, de escritores (Eça de Queirós, Lord Byron) que aqui procuraram inspiração, e tem o seu centro histórico classificado pela UNESCO como Património da Humanidade, na categoria “Paisagem Cultural” (1995). Monterroso Teixeira, historiador de arte, conduz-nos numa viagem pelos monumentos mais importantes.

 

Ficha Técnica

  • Título: Património Mundial Português
  • Tipo: Documentário
  • Produção: Filma e Vê e RTP2
  • Ano: 2009

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.