Pesquisar

Portugueses escavaram um palácio do antigo Egito

Apriés foi um faraó da XXVI dinastia que subiu ao trono em 589 AC e terá governado o Egito durante cerca de duas décadas. Uma equipa de arqueólogos portugueses escavou durante vários anos uma vasta área onde se encontrava o seu palácio e o seu campo de mercenários.

O projeto arqueológico foi chefiado pela arqueóloga Maria Helena Trindade Lopes, da Universidade Nova de Lisboa, e inaugurou a presença de equipas nacionais no Egito. A concessão atribuída pelo SCA (Supreme Council of Antiquities) abrangia uma área de aproximadamente 220 mil metros quadrados numa área a norte da antiga capital, Mênfis.

O palácio foi mandado construir por Apriés, no topo de uma colina,  e tinha uma vista privilegiada sobre a cidade. Ali se encontrava também um campo militar, de treino, sendo ambas as estruturas fortificadas.

Ao longo dos anos os portugueses conseguiram encontrar dezenas de objetos dos quais se destacam um anel e diversas peças de de cerâmica.

  • Temas: História
  • Ensino: 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: Mênfis, O palácio da colunha
  • Tipo: documentário
  • Autoria: Rui Lagartinho
  • Produção: rtp

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui