Pesquisar

Rendição de Vercingétorix a Júlio César

A rendição do chefe gaulês Vercingétorix ao general romano Júlio César, a 3 de outubro de 52 a.C. aconteceu em resultado do desfecho da batalha de Alésia, que opôs os exércitos romanos a uma confederação de tribos gaulesas. Não se sabe ao certo o local exato da batalha, mas presume-se que tenha ocorrido na atual região francesa de Alise Sainte-Reine, na Borgonha.

Foi o confronto final das guerras da Gália, no qual Júlio César conseguiu vencer a resistência das tribos gaulesas, apesar de se encontrar em inferioridade numérica. Nesse dia, e no rescaldo da derrota militar, o líder gaulês saiu de Alésia montado no seu cavalo em direção ao acampamento fortificado romano e parou em frente ao próprio Júlio César. Desmontou e lançou as suas armas e a sua armadura aos pés do general romano, assumindo deste modo a derrota total. É esta a versão dada pelo historiador romano Plutarco e que ficou consagrada na tradição.

 

  • Quem era Vercingétorix?

Vercingétorix era o chefe dos Arveni, ou Arvernos, uma das tribos célticas da Gália, mais precisamente da região do Maciço Central da atual França. Ficou célebre por ter conseguido unir as tribos gaulesas, que habitualmente lutavam entre si, em torno do objetivo comum da luta contra o domínio romano.

A hostilidade entre Roma e as tribos gaulesas era mútua e havia um longo historial de guerras e de incursões de ambos os lados.

Júlio César conduziu uma campanha militar no ano 58 a.C., mas desta vez deparou com uma forte resistência liderada por Vercingétorix, que infligiu várias derrotas aos invasores. A sua rendição quebrou definitivamente a aliança anti-romana na Gália.

Vercingétorix foi levado para Roma como prisioneiro e foi executado alguns anos mais tarde, após ter sido exposto publicamente no triunfo em honra de Júlio César. Como é natural, a sua figura veio mais tarde a tornar-se um importante ícone da França e da sua identidade, sendo objeto de inúmeras representações no espaço público e ocupando um lugar central no imaginário nacional dos franceses.

 

  • Quais foram as consequências da batalha?

A derrota de Alésia e a rendição de Vercingétorix tiveram um impacto importante da História da Europa. Em primeiro lugar, assinalou o fim definitivo da resistência gaulesa ao poder de Roma e levou à transformação da Gália numa província romana. Por outro lado, permitiu que Júlio César regressasse a Roma como herói de guerra, o que veio posteriormente a alterar os destinos da história de Roma e a transformação da República Romana em império.

Foi, portanto, um passo decisivo para a expansão territorial de Roma, que se tornou gradualmente na potência dominante na bacia do Mediterrâneo, estendendo o seu poder a outras regiões da Europa, ao norte de África e ao Médio Oriente e que perdurou durante os séculos seguintes.

  • Temas: História
  • Ensino: 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: Os Dias da História - Rendição de Vercingétorix a Júlio César
  • Tipo: Programa
  • Autoria: Paulo Sousa Pinto
  • Produção: Antena 2
  • Ano: 2017
  • vercingetorix-jules-cesar: Lionel-Noël Royer/ Museu Crozatier

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui