Pesquisar

O Rio Tejo

No maior rio de Portugal começou a maior aventura dos portugueses. Do Tejo partiram as naus e as caravelas dos grandes descobrimentos. Vamos seguir esta corrente.

O Tejo, em latim Tagus, é um dos rios mais extensos da península ibérica e o maior em território português, com um curso total de cerca de 1100 quilómetros.

Nasce em Espanha, na serra de Albarracim, a 1593 metros de altitude, percorre toda a Extremadura espanhola até entrar em Portugal.

Do lado de cá, o seu leito passa por povoações como Abrantes, Constância, Santarém, Vila Franca de Xira e em muitas destas localidades deixou já a marca trágica das inundações.

Uma das suas ilhas rochosas foi transformada em fortificação militar medieval com a construção do castelo de Almourol, um dos mais belos do país.

O estuário do Tejo com perto  de 15 mil hectares, é uma área protegida em reserva natural e um local privilegiado para observar milhares de aves aquáticas como garças-vermelhas, flamingos  e patos.

A última cidade que se rende a este rio e que inspira poetas, músicos e cineastas é Lisboa, de onde partiram as naus e as caravelas da grande aventura marítima portuguesa.

Por fim, o Tejo desagua no Atlântico, com foz assinalada no forte do Bugio.

Seguimos a história deste rio num vídeo extraído do documentário “Rios de Portugal” produzido em 1985.

Ficha Técnica

  • Título: Rios de Portugal
  • Tipo: Extrato de Documentário
  • Produção: RTP
  • Ano: 1985

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.