Pesquisar

Salgado Zenha, construtor da nova ordem democrática

Foi ministro da justiça dos primeiros quatro governos provisórios, tendo um papel de relevo na organização jurídica do período pós-revolução. Jurista, defensor de presos políticos, foi membro do PCP e fundador do PS, concorrendo à Presidência em 1986.

Desde os anos 40 que Salgado Zenha se tornara um opositor ao regime, como membro do Partido Comunista Português e como ativista na Associação Académica de Coimbra a que, aliás, viria a presidir. As suas intervenções políticas tornaram-no um alvo da PIDE, sendo preso várias vezes e é nessa circunstância que conhece Mário Soares. Foi um dos fundadores da Ação Socialista Portuguesa, em 1964, destacando-se – como advogado – pela defesa de presos políticos e de outros perseguidos pelo regime.

Após a revolução desempenhou o cargo de ministro da Justiça e, nesse papel, negociou a Concordata com a Santa Sé, abrindo caminho para a legalização do divórcio em Portugal.

“Dicionário de Abril” é uma série de pequenos programas dedicados ao 25 de Abril de 1974 e ao período de instauração do regime democrático em Portugal, produzidos a partir de imagens de arquivo.

 

Ficha Técnica

  • Título: Dicionário de Abril - Letra Z
  • Tipo: Programa
  • Autoria: António Reis/ Maria Inácia Rezola/ Paula Borges
  • Produção: Braveant/ RTP
  • Ano: 2012

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui