Pesquisar

Surdos e Religião: uma relação com pouca tradução

São livres de abraçar uma religião, mas o acesso dos surdos aos rituais da fé escolhida é limitado. A maioria das cerimónias religiosas não tem tradução, deixando a comunidade, uma vez mais, privada de exercer os seus direitos. Os que professam o catolicismo encontram algumas paróquias com missas celebradas em língua gestual. Na igreja do santuário de Fátima, todos os domingos há uma homilia em LGP. Porque a plena participação das pessoas surdas na sociedade passa também por aqui, é este o tema em destaque no episódio do Acende A Luz Para Eu Te "Ouvir".

Acende a Luz Para Eu Te “Ouvir” é um programa com muitos gestos, expressões faciais e movimentos corporais. Porque é assim que as pessoas surdas ou com graves problemas de audição, comunicam. Os olhos escutam as palavras que as mãos falam. São elas, as mãos, que constroem palavras, por vezes letra a letra, na persistência de encontrar uma identidade, uma autonomia e fazer parte de um mundo que ainda não sabe ouvir este silêncio.

Numa sociedade onde a comunicação é tão importante, as crianças surdas, tal como as crianças que ouvem, devem ter acesso à instrução e começar cedo por aprender a sua língua materna, ou seja, a Língua Gestual Portuguesa reconhecida pela Constituição da República em 1997 como uma das línguas oficiais do país, ao lado do Português e do Mirandês.

Os gestos que andavam proibidos desde 1880 ficaram livres, mas continuaram a existir necessidades especiais, dificuldades a enfrentar, questões diversas que se colocam diariamente a uma comunidade que em Portugal ronda as 120 mil pessoas e que são partilhadas por todos os que com eles convivem de perto.

Porque é que uma língua gestual é local e não universal? Quais as alternativas de comunicação entre pessoas surdas ou entre um ouvinte e uma pessoa surda? O que é que as pessoas surdas podem ou não fazer? Todas as pessoas podem aprender Língua Gestual Portuguesa?

As perguntas são muitas, as respostas em forma simples podem ser seguidas nesta série documental que pretende apenas derrubar barreiras e aproximar surdos e ouvintes.

  • Temas: Cidadania
  • Ensino: 1º Ciclo, 2º Ciclo, 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: Acende a Luz Para Eu Te "Ouvir"
  • Tipo: Série documental sobre Língua Gestual Portuguesa
  • Autoria: Miguel Medeiros Ferreira, Nuno Vicente, Luciano Ottani
  • Produção: Mola
  • Ano: 2018

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui