Pesquisar

Telescola, aprender pela televisão

Os professores estavam na televisão e os alunos aprendiam à distância. A Telescola teve emissões regulares entre 1965 e 1987, permitindo a milhares de alunos completarem o ensino do quinto e sexto anos de escolaridade.

Por todo o país as aulas eram seguidas pela televisão e os alunos eram depois acompanhados por professores que completavam as lições com mais informação. Também existiam livros adaptados às emissões que eram entregues os estudantes, gratuitamente, nos primeiros dias de aulas.

Por cada sala de telescola existiam normalmente dois professores – um da área de ciências e outro de letras – que acompanhavam as turmas constituídas por jovens que impossibilitados de frequentar aulas noutros locais. As limitações financeiras e a dificuldade das deslocações, resultado de uma deficiente rede de transportes, levavam a que muitos abandonassem a escola após quatro anos de estudos (o ensino primário).

As aulas da telescola – transmitidas durante os dias úteis entre as 14 e as 19 horas – complementavam a rede de ensino, mas as lições eram vistas também por outras pessoas que posteriormente se propunham para exame externo de modo a completar graus de ensino.

A última emissão deste programa foi para o ar em 1987, mas as aulas continuaram na televisão até ao ano 2000, através de vídeos enviados diretamente para as escolas.

Ficha Técnica

  • Título: Um regime na televisão
  • Tipo: Extrato de Documentário
  • Autoria: Bruno Cerveira
  • Produção: D&D para RTP
  • Ano: 2004

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.