Pesquisar

Um balanço da tempestade da Madeira

Um ano após a tempestade que assolou a Madeira, a ilha ainda recuperava dos estragos e do susto. As chuvas diluviais causaram o deslizamento de terras, cheias e muita destruição quer nos campos quer na cidade do Funchal.

Registaram-se  48 mortos e mais de 600 desalojados. A maior enxurrada de que a Madeira tem memória deixou poucas partes da ilha intocadas e, um ano depois, as imagens da água, da lama e das rochas a descerem as encostas em direção ao mar, levando pela frente tudo o que encontrava, estavam ainda bem vivas nas memórias de todos.

A tempestade que assolou a ilha no dia 20 de fevereiro de 2010 ficou largamente documentada através das imagens recolhidas por populares. Alguns dos seus testemunhos foram divulgados nesta reportagem da RTP realizada um ano após a catástrofe.

Ficha Técnica

  • Título: Balanço de um ano das Cheias na Madeira
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Filipe Gonçalves
  • Produção: RTP
  • Ano: 2011

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.