Pesquisar

Diogo da Azambuja, o homem que construiu a Mina

Diogo da Azambuja participou em diversas batalhas e conquistas em Portugal e além-mar. Comandou também a expedição que iniciou a construção da fortaleza de S. Jorge da Mina, o primeiro interposto comercial português da África Ocidental.

Este cavaleiro teve uma vida cheia de realizações e perigos, numa época em que Portugal conheceu um forte impulso expansionista para África. Em 1458 participou na conquista da praça norte-africana de Alcácer-Ceguer. Vinte anos depois surge como servidor de D. João II, participando nas guerras contra Castela, tendo ficado ferido numa perna no cerco a Alegrete.

É ainda por ordem deste último monarca que saiu de Lisboa a 12 de Dezembro de 1481,  à frente de uma dezena de navios e de cerca de 600 homens para erigir a fortaleza de S. Jorge da Mina, uma praça que vai assumir um importante papel nos séculos seguintes tanto no apoio ao comércio e como à navegação portuguesa em África.

Mais tarde assumiria o cargo de alcaide-mor de Monsaraz, membro do Conselho Real e vedor-mor das artilharias e dos arsenais do reino. Em 1506 foi nomeado por D. Manuel I para erigir a fortaleza do Mogador, em Essauira, Marrocos, e durante a sua presença naqueles territórios aproveitou tensões internas em Safim para tomar a cidade.

Ficha Técnica

  • Título: A Alma e a Gente - Memórias de Montemor-o-Velho
  • Tipo: Extrato de Programa
  • Autoria: José Hermano Saraiva
  • Produção: RTP/ Videofono
  • Ano: 2006

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.