Pesquisar

Expulsão dos judeus de Portugal

Um édito real publicado em 1496 obrigava os judeus e muçulmanos a sair do país ou a converter-se ao cristianismo. A maioria, por razões económicas ou outras, não teve outra opção. Ficaram conhecidos como cristãos novos.

Os judeus portugueses ocupavam lugares de alguma importância social no século XV e começaram a ser alvo da ira popular.

No final do século XV chegam a Portugal milhares de novos judeus expulsos de Castela, que são acolhidos a troco de uma taxa mas, em 1496, surge um édito real de D. Manuel I com os mesmos objetivos. O monarca expulsa os não cristãos (judeus e muçulmanos) ou obriga-os à conversão.

Surgem milhares de cristãos-novos que serão alvo preferencial de sevícias nos anos seguintes, como aconteceu, por exemplo, na Matança da Páscoa.

  • Temas: História
  • Ensino: 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: O Decreto
  • Tipo: Extrato de Documentário
  • Autoria: Maria Júlia Fernandes
  • Produção: RTP
  • Ano: 1996

Testa o teu conhecimento

“Que rei acolheu a primeira grande vaga de judeus vindos de Castela?”

  • D. Pedro
  • D. João II
  • D. João I
  • D. Afonso V

“Quanto era o valor da taxa cobrada a cada estrangeiro, que pretendesse entrar em Portugal?”

  • 2 Escudos
  • 10 Escudos
  • 8 Escudos
  • 5 Escudos

“O édito real e a consequente conversão ou condenação foi implementado por que rei?”

  • D. João II
  • D. João IV
  • D. Manuel I
  • D. Afonso V

“Qual o nome dos espaços de oração e sagrados judaicos?”

  • Igreja
  • Templo
  • Mesquita
  • Sinagoga

“Para que país foram enviadas milhares de crianças não cristãs, para proceder-se á colonização?”

  • São Tomé e Príncipe
  • Angola
  • Guiné
  • Moçambique

Resultado do teu conhecimento

  • És
Tenta melhorar as tuas respostas.
Repetir Quiz

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.