Pesquisar

Luís Vaz de Camões, o poeta da epopeia dos descobrimentos

Luís Vaz de Camões (1524?-1580) é autor dos Lusíadas, o poema épico sobre as descobertas portuguesas. A importância da sua obra só foi reconhecida após a sua morte. Teve uma vida repleta de dificuldades.

Não existem muitos dados biográficos sobre a vida Luís de Camões, mas a informações que vieram a público quase três décadas depois da sua morte, dão como provável o seu nascimento em Lisboa em 1524 ou 1525.

Membro de uma aristocracia pouco endinheirada, supõem-se que tenha estudado em Coimbra. Como modo de vida procura a sorte das armas e suspeita-se que tenha estado em Ceuta onde, num confronto militar com mouros, perdeu um olho.

Em Lisboa é conhecido pela sua vida pouco comedida e chega a ser preso devido a um assalto em que participa.

Perdoado por D. João III parte para o Oriente, onde vai ficar por quase duas décadas.

Participa em ações militares enquanto escreve os Lusíadas que salva quando é vítima de um naufrágio, provavelmente na costa do atual Vietname.

É descoberto por amigos a viver como um indigente em Moçambique. Os amigos pagam-lhe as dívidas e a viagem de regresso a Lisboa onde publica, em 1572, Os Lusíadas, a obra que o tornaria imortal, sendo considerado o maior poeta em língua portuguesa de todos os tempos.

Ficha Técnica

  • Título: Perfil biográfico do poeta Luís Vaz de Camões
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Manuela Martins
  • Produção: RTP
  • Ano: 1992

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui