Pesquisar

O Livro das Armadas da Índia

É bom que se diga que o livro é uma raridade, porque nele está registada de forma única uma parte preciosa da epopeia marítima portuguesa. A aventura da Índia, que aqui é tratada, começa em 1497. Ficaram quase 70 anos de armadas representados nesta obra.

Da zona ribeirinha de Lisboa, uma pequena armada chefiada por Vasco da Gama fez-se ao mar a 8 de maio de 1497. O comandante da frota, assim nomeado por D. Manuel I, capitaneava toda a expedição da nau S. Gabriel. O irmão, Paulo da Gama, estava à frente da segunda nau, a S. Rafael. A terceira, a Bérrio,  fora entregue ao navegador Nicolau Coelho, e a última, que transportava mantimentos e que havia de ser queimada, era comandada por Gonçalo Nunes. Os quatro navios levavam cento e cinquenta homens apostados em chegar às terras longínquas das especiarias. A rota do Cabo ficou traçada e o caminho marítimo para a Índia descoberto quando a 17 de maio do ano seguinte aportaram a Calecute.

O que sabemos desta viagem ficou registado num roteiro ou diário de bordo cuja autoria é atribuída a Álvaro Velho, um dos doze homens que acompanharam Gama na visita ao samorim de Calecute. A descrição que faz dos acontecimentos é simples e precisa, demonstrando grande sensibilidade de observação. O documento foi descoberto por Alexandre Herculano no Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra, em 1834 e, redescoberto em 2013 pela UNESCO, que o inscreveu na lista do património Memória do Mundo.

Com este relato e com as iluminuras que abrem o Livro das Armadas, é possível fazer uma reconstituição fiel da maior exploração marítima de sempre. Os quatro navios liderados por Vasco da Gama estão desenhados ao pormenor, acompanhados de importantes informações sobre a atividade dos navegadores. A obra, apresentada neste artigo pelo especialista Inácio Guerreiro, representa todas as armadas que partiram para as Índias desde 1497 até 1566. Do seu autor, sabe-se apenas que foi também ele um marinheiro português do século XVI.

Ficha Técnica

  • Título: Na rota do Oriente - A passagem para a Índia
  • Tipo: Extrato de documentário
  • Autoria: Luc Cuyvers
  • Produção: Mare Nostrum
  • Ano: 1998

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.