Pesquisar

Pêro Vaz de Caminha, um novo mundo para o mundo

A carta de Pêro Vaz de Caminha, escrita em 1 de Maio de 1500 em Porto Seguro (Brasil), é a primeira notícia de um país e um povo até então desconhecidos. Guardada na Torre do Tombo, integra o registo da Memória do Mundo da Unesco desde 29 de Julho de 2005

A missiva tinha como destinatário o rei português D. Manuel II e relata também o momento da chegada dos navios comandados por Pedro Alvares Cabral ao novo continente.

Para além de ser um documento único é também olhado como uma crónica de grande qualidade descritiva, informando o rei sobre a exuberância e o exotismo do novo mundo e sobre a fisionomia dos nativos – descritos como gente inocente e simples, que “não lhes falece outra cousa para ser toda cristã”.

Pêro Vaz de Caminha foi o escrivão encarregado de fazer o relato da viagem da armada de Pedro Alvares Cabral na sua viagem em direção à India. O documento chegou a Lisboa semanas depois, a bordo de uma nau que foi mandada regressar a 1 de Maio.

O registo da Memória do Mundo da Unesco reúne documentos, coleções ou fundos cujo valor ultrapassa as fronteiras, as épocas e as culturas, merecendo ser conservados para benefício das gerações presentes e futuras.

Ficha Técnica

  • Título: Visita Guiada -
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Paula Moura
  • Produção: RTP
  • Ano: 2014

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.