Pesquisar

Quinta Divisão, a revolução explicada ao povo

Criada no dia em que tomou posse o segundo governo constitucional, a 5.ª Divisão do Estado-Maior General das Forças Armadas propunha-se levar a revolução a todo o país, promovendo sessões de esclarecimento em Portugal e no estrangeiro.

Ao contrário do que acontecia com outras estruturas militares, esta tinha sido criada com o objectivo de coordenar a informação do MFA, quer para a esfera civil quer para a esfera militar. A Quinta Divisão era responsável pelos programas de rádio e de televisão do MFA, pela publicação de um boletim e realizava conferências para explicar o programa do Movimento.

Para além disso, a 5.ª Divisão foi responsável pelas Campanhas de Dinamização Cultural, e Cívica, que levaram a discussão sobre o processo revolucionário por todo o país, em sessões bastante participadas. A ideia de uma ação cívica organizada pelos militares dava resposta à ideia de uma aliança povo-MFA, e, de certa forma, permitia o enquadramento conceptual das propostas políticas do novo poder, dadas a conhecer a pessoas que, muitas vezes, estavam distanciadas dessa discussão. 

“Dicionário de Abril” é uma série de pequenos programas dedicados ao 25 de Abril de 1974 e ao período de instauração do regime democrático em Portugal, produzidos a partir de imagens de arquivo.

 

  • Temas: 25 de Abril
  • Ensino: 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: Dicionário de Abril - Letra Q
  • Tipo: Programa
  • Autoria: António Reis/ Maria Inácia Rezola/ Paula Borges
  • Produção: Braveant/ RTP
  • Ano: 2012

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui