Pesquisar

Sputnik, uma aposta Russa para ganhar o espaço

No dia 4 de Outubro de 1957 o mundo acordou com a notícia de que os russos tinham colocado um satélite no espaço. O Sputnik foi o primeiro de muitos, mas a exploração espacial e o mundo nunca mais seriam os mesmos.

Era apenas um pequena bola com antenas que transmitiu, durante 22 dias, um “beep” de rádio que podia ser captado na terra, mas o seu lançamento criou uma revolução e veio abrir as portas da exploração espacial.

Este lançamento foi visto como uma pesada derrota pelos Estados Unidos da América e obrigou o país a entrar também na corrida espacial.

Os russos voltariam a adiantar-se aos americanos, em abril de 1961, quando conseguiram colocar o primeiro homem no espaço. O cosmonauta Yuri Gagarin deu uma volta completa à órbita terrestre. A Vostok, nave em que viajou, esteve em órbita durante 108 minutos, a de 315 km de altura, seguindo a uma velocidade de cerca de 28 000 km/h.

Estes sucessos levaram os EUA a fazer uma forte aposta no seu programa espacial que culminaria nas missões Apolo e na colocação de dois homens na Lua.

Ficha Técnica

  • Título: Câmara Clara - Lançamento do Sputnik
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Luís Caetano
  • Produção: RTP
  • Ano: 2007

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui