Internet e cibercrime
Ensino:

O "spam" (correio electrónico não solicitado) pode não ser malicioso mas, muitas vezes, transporta vírus, propostas comerciais fraudulentas ou recolhe dados confidenciais. Os pagamentos online também podem expor informações bancárias a olhos indesejáveis.

É através do correio electrónico que uma boa parte dos actos criminosos online acontecem.  Nem o Facebook escapa a esta invasão, basta aceitar os posts e clicar em links de perfis falsos para o computador poder ser infectado com vírus.

Normalmente as mensagens têm um carácter pessoal e levam as pessoas a reagir e clicar nos endereços aparentemente legítimos. São sempre suspeitos e-mails que pedem para preencher dados pessoais ou correr programas.

O crime informático não se esgota na propagação de correio. As plataformas de compras electrónicas criaram soluções para facilitar a aquisição de produtos, mas ampliaram a circulação de informações sobre cartões de crédito na Internet, por vezes fáceis de interceptar e, se nem instituições como a NASA estão totalmente protegidas contra hackers, a melhor defesa é a prevenção.

Temas

Ficha Técnica

  • Título: Nativos Digitais
  • Tipologia: Programa
  • Produção: Farol de Ideias
  • Ano: 2012