Pesquisar

Em Marco de Canaveses os franceses "não passaram"

Marco de Canaveses esteve na rota da 2ª Invasão, mas conseguiu impedir a passagem dos franceses destruindo a ponte sobre o rio Tâmega.

A defesa da ponte da cidade integrava-se no plano de defesa mais vasto montado pelas forças anglo-lusas com o objetivo de impedir a passagem do rio Tâmega pelas forças francesas comandadas por Soult, durante a segunda invasão francesa.

Temendo também a pilhagem a população de Marco de Canaveses resolveu não só guarnecer mas também demolir parcialmente a estrutura.

Em Março de 1809 os combates foram violentos mas os invasores não conseguiram passar. A passagem para a outra margem seria assegurada dias mais tarde após um ataque bem-sucedido na zona de Amarante. A vitória permitiu que Soult atravessasse o rio, mas por pouco tempo.

Para celebrar o feito da população foi colocada uma pedra comemorativa com o título “Não Passaram” na ponte de Marco de Canaveses.

Ficha Técnica

  • Título: Chegaram os Franceses!
  • Tipo: Extrato de Documentário
  • Autoria: Júlia Fernandes
  • Produção: RTP
  • Ano: 2007

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui