De Moçambique a Portugal numa traineira
Ensino:

Durante o processo de independência de Angola e Moçambique, vários portugueses abandonaram aquelas ex-colónias a bordo de embarcações que rumaram a Portugal. O Mar Azul foi um desses navios e foi também o que maior distância percorreu.

António Vala Coelho e Julião Rosa são dois portugueses que em 1975 tripularam a traineira “Mar Azul” desde a Beira, em Moçambique, até Portimão, no Algarve, naquela que foi a mais longa viagem de barco feita por embarcações em fuga das ex-colónias portuguesas.

Foram várias dezenas de barcos que fizeram a viagem, algumas em condições bastante complicadas. Todos tinham por objectivo escapar à instabilidade instalada e, em simultâneo, salvar alguns dos seus bens.

Não há certezas sobre o número de navios que participaram nesta fuga ou de quantos poderão ter desaparecido durante a viagem.

Temas

Ficha Técnica

  • Título: Retratos de África - Hérois do Mar
  • Tipologia: Reportagem
  • Produção: RTP África
  • Ano: 2005