“Na Praia lá da Boa Nova, um dia”, de António Nobre
Ensino:

Na poesia de António Nobre vivem as paisagens da infância e da juventude deste poeta do século XIX, Os meses de verão passados em Leça da Palmeira, na Praia da Boa Nova, quando construía castelos de areia, são rememorados neste poema. dito pela atriz Carla Bolito.

Na Praia lá da Boa Nova

Na praia lá da Boa Nova, um dia,
Edifiquei (foi esse o grande mal)
Alto Castelo, o que é a fantasia,
Todo de lápis-lazúli e coral!
Naquelas redondezas não havia
Quem se gabasse dum domínio igual:
Oh Castelo tão alto! parecia
O território dum Senhor feudal!

Um dia (não sei quando, nem sei donde)
Um vento seco de deserto e spleen
Deitou por terra, ao pó que tudo esconde,

O meu condado, o meu condado, sim!
Porque eu já fui um poderoso Conde,
Naquela idade em que se é conde assim…

António Nobre

 

António Nobre, o poeta “Só”
Veja Também

António Nobre, o poeta “Só”

“O Sentimento de Um Ocidental – I- Ave Marias”, de Cesário Verde
Veja Também

“O Sentimento de Um Ocidental – I- Ave Marias”, de Cesário Verde

Álvaro de Campos: “A Passagem das Horas”
Veja Também

Álvaro de Campos: “A Passagem das Horas”

Temas

Ficha Técnica

  • Título: Um Poema Por Semana
  • Tipologia: Programa de Poesia
  • Autoria: Paula Moura Pinheiro
  • Produção: RTP
  • Ano: 2011