Pesquisar

Os Morais, ao lado da resistência francesa

James Morais é o último sobrevivente de uma família de origem portuguesa que, durante a II Guerra Mundial, lutou ao lado da resistência francesa. A residir no norte da França, próximo da fronteira com a Bélgica, os Morais viriam a sofrer na pele os danos causados pela guerra, tendo um dos seus elementos morrido depois de ser preso e deportado.

O mais novo dos irmãos era James Morais e, no grupo de resistentes liderados pelo seu pai, davam-lhe muitas vezes tarefas de vigilância, já que os alemães não suspeitavam que uma criança pudesse desempenhar qualquer papel neste tipo de atividades.

O pai, Manuel Morais, tinha sido oficial no exército português na I Guerra Mundial, emigrando depois para França, onde constituiu família. Quando o país foi ocupado pelos nazis, em 1940, assumiu a liderança de um grupo de resistentes na zona de Lambersart e envolveu toda a família nessas operações.

A iniciativa desta família portuguesa não seria isenta de baixas: Henri, um dos irmãos de James,  seria capturado e morreria durante a deportação, enquanto o próprio foi ferido numa mão pelos alemães.

Ficha Técnica

  • Título: Não Neutrais: A família Morais
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Ana Luísa Rodrigues/ Carla Quirino/
  • Produção: RTP
  • Ano: 2019

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui