Pesquisar

Histórias contadas pelas pedras da Lusitânia

Homenagem a Leite de Vasconcelos, visitamos a exposição «Religiões da Lusitânia: as pedras que falam», a maior mostra arqueológica em Portugal sobre este período da história, acompanhados por José Hermano Saraiva.

Organizada em dois núcleos, a Hispânia Eterna e a Roma Eterna, correspondentes ao períodos da presença lusitana e romana no território que hoje é Portugal, esta mostra esteve patente no Museu Nacional de Arqueologia em 2002, exibindo 313 peças.

A maior parte das peças fazem parte do espólio do próprio museu, mas houve também muito material que veio de outros pontos do país. Neste vídeo, a visita à exposição tem como guia o historiador José Hermano Saraiva.

O título não foi escolhido ao acaso, sendo parcialmente semelhante ao da obra editada em 1897, «Religiões da Lusitânia», de Leite de Vasconcelos, percursor do estudo da antropologia em Portugal. Apesar da sua formação médica, iria dedicar boa parte da sua carreira a outras áreas, como a etnografia e a filologia. Deixou o seu espólio ao Museu que fundou (com a designação de Museu Nacional de Etnografia) e onde decorreu a exposição.

 

 

Ficha Técnica

  • Título: As pedras falam
  • Tipo: Extrato de Programa
  • Autoria: José Hermano Saraiva
  • Produção: RTP/ Vedeofono
  • Ano: 2002

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui