Pesquisar

A tomada de Olinda pelos holandeses

Olinda, no Brasil, foi tomada pelos holandeses em 16 de fevereiro de 1630. A cidade era nessa altura a capital da capitania de Pernambuco, a mais rica e importante capitania do Brasil.

No dia anterior, dia 15, uma poderosa armada holandesa, formada por 65 navios e comandada pelo capitão Hendrick Loncq, surgiu à vista da cidade e exigiu a sua rendição. Os habitantes perceberam imediatamente que não se tratava de uma simples incursão de pirataria, mas sim de uma expedição destinada a criar uma presença permanente na região.

A resistência foi breve e a cidade rendeu-se no dia 16 aos invasores, que seguiram depois para o Recife. Foi a primeira etapa da conquista de Pernambuco e da formação de um estado holandês no Brasil, a que foi dado o nome de “nova Holanda”.

 

  • Quais eram os interesses dos holandeses na região?

A conquista do nordeste do Brasil aos portugueses inseria-se no contexto global de guerra e de competição económica entre as Províncias Unidas, a atual Holanda, e a monarquia católica dos Habsburgos, que juntava sob a mesma coroa Portugal e Espanha.

A ofensiva holandesa no Brasil seguiu os mesmos passos da estratégia asiática, ou seja, a formação de uma companhia de comércio que tinha plenos poderes para fazer a guerra, promover a colonização e desenvolver o comércio. Depois do surgimento da Companhia Holandesa das Índias Orientais, foi criada em 1621 uma Companhia das Índias Ocidentais, cujo principal alvo era o controlo das áreas de produção do açúcar brasileiro.

A primeira tentativa de invasão do Brasil teve lugar em 1624, com um ataque a Salvador da Bahia, mas a cidade foi recuperada pelos portugueses pouco depois. Pelo contrário, a tomada de Olinda, em 1630, foi um completo sucesso e abriu o caminho ao domínio holandês na região.

 

  • Quanto tempo durou?

Após a conquista de Olinda e de Recife, os holandeses consolidaram o seu domínio em Pernambuco e alargaram o seu controle sobre todo o norte do Brasil, sobre a Paraíba e o Rio Grande do Norte.

Olinda foi incendiada pouco depois da conquista, por ser difícil de defender, e a sede do poder holandês foi transferida para o Recife. Nos anos seguintes, os portugueses limitaram-se a ações de guerrilha, uma vez que não receberam qualquer socorro da Europa.

Só depois da Restauração, na década de 1640, foi possível a Portugal recuperar integralmente o norte do Brasil aos holandeses, à medida que estes enfrentavam dificuldades crescentes em controlar e administrar as regiões sob o seu domínio. A “Nova Holanda”, como ficou conhecida, durou até 1654, data em que se rendeu definitivamente a Portugal.

  • Temas: História
  • Ensino: 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: Os Dias da História - Tomada de Olinda pelos holandeses
  • Tipo: Programa
  • Autoria: Paulo Sousa Pinto
  • Produção: Antena 2
  • Ano: 2017
  • Cerco de Olinda pelos holandeses: John Ogilby

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui