Pesquisar

Na vanguarda de Almada Negreiros

Quis ser um artista do seu tempo, acabou por ser artista de todos os tempos.
Criador multifacetado, Almada Negreiros (1893-1970) deixou uma obra imensa, intensa e original.

Inventor do futuro, Almada Negreiros projetou o modernismo português numa obra multifacetada, inconformista e irreverente.

Da poesia à ficção, do desenho à pintura foi tudo o que um artista pode ser.

As construções abstratas e geométricas marcam os seus quadros. Um dos mais notáveis é sem dúvida o retrato de Fernando Pessoa, com quem partilhava amizade e ideais.

 

  • Temas: Artes, Pintura
  • Ensino: 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: Grandes Quadros Portugueses
  • Tipo: Extrato de Programa
  • Produção: Companhia de Ideias
  • Ano: 2012

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui