Pesquisar

Condução e Atenção têm de ser sinónimos

Na condução, pode haver fatores distrativos: os pedidos dos filhos no banco de trás, inserir instruções no aparelho de GPS, atender o telemóvel. Tudo isto não pode assumir importância: conduzir com atenção é o que pode evitar o acidente.

O Tomás costuma andar de carro com o pai e, algumas vezes, pede-lhe água porque está com sede. Aqueles segundos preciosos em que o pai dele se vira para trás para lhe entregar a garrafa podem ser a origem de um grave acidente de viação.

Quando se conduz, toda a atenção deve estar centrada nesse ato, sem interrupções. O GPS deve ser programado antes de se começar a viagem, o telemóvel não deve ser usado e os filhos não devem distrair ou interferir perturbantemente durante a viagem. Em poucos segundos e mesmo a velocidades reduzidas, o acidente pode dar-se. Há que o evitar a todo o custo. Fica aqui a saber como podes ajudar. O Tomás já sabe!

Ficha Técnica

  • Título: República do Saber
  • Tipo: Extrato de Programa

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui