Pesquisar

Dragoeiro, uma árvore com sangue de dragão

A seiva avermelhada, conhecida como sangue de dragão, deu nome a esta árvore. Ficou a ser o Dragoeiro.

A sobrevivência desta árvore encontra-se ameaçada tanto na Madeira como nos Açores, arquipélagos onde era abundante quando os primeiros colonizadores ali chegaram. A seiva, utilizada para fins medicinais, teve importante procura durante séculos e a exploração deste recurso levou à sua conservação, algo que não acontece nos dias de hoje.

O dragoeiro é também uma árvore de mitos, pois terá nascido como resultado da morte de um dragão às mãos de Hércules.

Ficha Técnica

  • Título: O Dragoeiro
  • Tipo: Programa
  • Autoria: Pedro Lérias
  • Produção: RTP/ Terra Líquida Filmes
  • Ano: 2011

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui