Pesquisar

Norte do país menos preparado para catástrofes

Os concelhos do norte do país têm mais dificuldades para enfrentar catástrofes. É pelo menos isso que transparece num estudo do Observatório do Risco da Universidade de Coimbra. As razões que justificam estas fragilidades são diversas.

O tipo de demografia ou as lacunas nos sistemas operacionais e de socorro são algumas das razões que justificam uma maior exposição ao risco no norte do país em caso de catástrofe natural, segundo os resultados de um estudo realizado pela Universidade de Coimbra e onde foram analisadas cerca de 200 varáveis.

Nesta reportagem pode acompanhar as declarações de José Manuel Mendes, Coordenador do estudo do Observatório do Risco da Universidade de Coimbra.

Ficha Técnica

  • Título: Catástrofes naturais
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Pedro Oliveira Pinto
  • Produção: RTP
  • Ano: 2015

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.