Pesquisar

Nova Roda dos Alimentos "à moda" do Mediterrâneo

Completa, equilibrada e variada. Conselhos básicos para uma alimentação saudável que se quer a praticar todos os dias. Por isso, este novo gráfico vem valorizar e reforçar a importância da Dieta Mediterrânica no estilo de vida dos portugueses. Porque ainda há uma grande percentagem da população a comer mal e a mexer-se pouco.

Refrigerantes, bolos, bolachas ou enchidos não entram nesta roda que mais parece um prato onde apenas são servidos alimentos que fazem bem à saúde. Dividido em fatias supercoloridas, o novo gráfico, embora não muito diferente do que foi criado em 2003 e que veio substituir o original da década de 70, tem novos produtos a reforçar a importância do padrão alimentar mediterrânico, como a romã, a castanha e as beldroegas. Com a água no centro, os vários grupos de alimentos que compõem este guia pedagógico têm também a informação sobre as porções diárias recomendadas para todas as faixas etárias.

Explorar esta roda interativa na página da Direção-Geral de Saúde é também recordar os princípios básicos da Dieta Mediterrânica, desde 2013 considerada Património Mundial da Humanidade pela UNESCO.

Escolher alimentos locais e da época, comer frutos secos, usar ervas aromáticas, partilhar refeições e dedicar tempo à atividade física são conselhos a reter, alguns sublinhados aqui por Pedro Graça Dias, da DGS.

 

 

Ficha Técnica

  • Título: Nova Roda dos Alimentos
  • Tipo: Reportagem Telejornal
  • Autoria: Filipe Canhoto Ribeiro e Ana Barros
  • Produção: RTP
  • Ano: 2017

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui